21 junho 2013

Sobre o pronunciamento de Dilma


O pronunciamento de Dilma foi excelente, porque:

1. Mostrou disposição de força de combater os vandalismos. A Rede Globo vem pautando obcessivamente essa questão. Se o Governo não demonstrasse essa disposição, alguém o faria e um (bastante) eventual golpe de estado encontraria sua possibilidade.

2. Afirmou disposição de interlocução com os movimentos que estão nas ruas, com o que renova a identidade de esquerda do seu governo.

3. Aproveitou para avançar em três agendas:
- o projeto de 100% dos royalties do petróleo para a educação
- reforma política já
- médicos cubanos já

Com isso, Dilma pega impulso nas pautas dos movimentos para oportunizar uma reforma estrutural e empreender duas ações concretas, em saúde e educação, que os opositores de seu governo temem.

4. Ao falar da Lei de Acesso à informação pública construiu uma agenda indireta, que, a depender da articulação dos setores progressistas da sociedade, poderá ter chance de:

- Pautar a Lei da Comunicacão, enfim, e,

- Domesticar a arrogância do Judiciário, pois, ao propor que essa lei se estenda aos outros poderes, Dilma jogou a batata quente para esse poder, que agora precisará responder à altura e enfrentar seu inerente e escandaloso problema ético.

Um comentário:

Cassandra Véras disse...

fiz uma lista dos deputados que votaram contra a educação. tá no meu face, se interessar a vc: https://www.facebook.com/cassandra.veras. abraço!