20 setembro 2013

Macrodinâmicas da comunicação midiática na Amazônia


Publicado meu artigo "Macrodinâmicas da comunicação midiática na Amazônia" no novo número do Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas (v. 8, n. 2, maio-ago. 2013). 

O artigo está no seguinte endereço:

A publicação integral pode ser consultado no seguinte local:

Para quem se interessa pelo tema, segue o resumo:

O artigo discute as características do sistema de comunicação midiática presente na região amazônica, observando como redes de televisão, emissoras de rádio, jornais impressos e ações de comunicação comunitária e popular atuam, construindo estratégias de reprodução social de modelos hegemônicos ou, alternativamente, ensaiando processos contra-hegemônicos. Pretende-se um estudo de economia política da comunicação, substancializado com uma aproximação ao fenômeno da intersubjetividade, por meio da qual se pretende compreender mais adequadamente as peculiaridades amazônicas na cena midiádica brasileira. A perspectiva teórico-metodológica adotada procura discutir o papel de sistemas e da ação sistêmica no contexto de uma guinada culturalista da economia política da comunicação. São identificadas oito macrodinâmicas presentes na comunicação midiática da Amazônia: a lógica sistêmica na disputa pelo capital comunicativo; a dinâmica geoespacial dos mercados; a percepção da função comunicativa em sua dinâmica estritamente mercadológica; a complexidade local do fenômeno do ‘coronelismo eletrônico’; o predomínimo da ‘função de propaganda’; a lógica de exclusão da comunicação comunitária; o papel do ‘objeto amazônico’ na aferição do capital comunicacional; e o papel regional da comunicação religiosa.

Nenhum comentário: