25 abril 2011

Morreu Garfinkel, pai da etnometodologia


Morreu Harold Garfinkel (1917-2011), célebre etnometodólogo norte-americano e criador desse método, uma das mais importantes escolas do campo das sociologias compreensivas e fenomenológicas. As fontes fundamentais do seu pensamento foram Talcott Parsons, Alfred Schutz, Aron Gurwitsch e Edmund Husserl.
Seu livro clássico, “Estudos em Etnometodologia”, publicado em 1967, é uma das mais importantes obras do campo das ciências sociais no século XX. Conta a lenda que a palavra etnometodologia surgiu no curso de sua investigação etnográfica sobre jurados de tribunal: pesquisando no arquivo da Universidade de Yale, percebeu que havia seções de etnobotânica, etnopsicologia e de etnofísica, mas não de etnometodologia – que, por sinal, cabia como uma luva para o padrão de investigações que vinha desenvolvendo. Garfinkel assim define o termo: "Os estudos etnometodológicos analizam as atividades cotidianas como métodos que seus membros usam para fazer com que essas atividades sejam racionalmente visíveis e passíveis de serem narradas em seus efeitos práticos; que dizer, que elas sejam «explicáveis»". Aqui dá para baixar o "Estudos de Etnometodologia" em espanhol.


3 comentários:

Tereza França-UFPE disse...

Lamentável perda. Sou professora no campo da educação e da educação física, conheci os escritos de Garfinkel em 2000 quando realizava meu doutorado na UFRN. Ao estudá-lo e adotar a etnometodologia como abordagem de pesquisa realmente encontrei o caminho que muito procurava como pesquisadora. Hoje integro o quadro de professores do programa de pós-graduação em educação-UFPE e na graduação em educação física-UFPE e nossas pesquisas são orientadas pela abordagem etnometodológica. Ainda este ano vamos lançar um livro que estar sendo finalizado. Com certeza vamos homenageá-lo na obra e no lançamento. Como poderemos aproximar mais os contatos.

Fabio Fonseca de Castro disse...

Olá professora,
Seja bem vinda por aqui. Muito bem vinda. Meu email é fabio.fonsecadecastro@gmail.com. Por favor, me manetnha informado sobre as atividades do programa. Tenho grande interesse pela etnometodologia e fico muito contente em conhecer uma equipe que trabalha com esse referencial. No meu programa não é a referência fundamental, mas tenho me esforçado por criar uma cultura no sentido de trazer Garfinkel e outros autores próximos para o universo dos estudos sobre comunicação e cultura.

Rosane Alencar - Departamento de Educação - UFRPE disse...

Prezad@s
Venho trabalhando com Garfinkel tambem desde o doutorado 2004. Acredito que possamos estreitar a nossa comunicacao. Sou professora do depto de ciencias sociais da UFPE e da pos em sociologia. Deixo meu email para conversarmos mais e vermos as possibilidades de parcerias institucionais.
abs
Rosane Alencar