Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2013

O desencontro marcado

Até estive chateado por ter corrido para me despedir dele e, depois de um vôo de 25 horas, com múltiplas escalas – porque foi o vôo possível – ter chegado a Belém uma mísera hora de pois dele ter partido. Porém, refletindo sobre isso, ocorreu-me que esses desencontros se repetem, eventualmente, ao longo de toda nossa existência. Por mais nos esforcemos para estarmos à tempo , há os limites de tempo do tempo, o tempo dos outros, o tempo da carne, o tempo de morrer. De certa maneira, todos temos, efetivamente, esse desencontro marcado com a morte. A nossa, é claro, que se espelha na morte dos outros, principalmente dos mais próximos. E, evidentemente, a morte das pessoas queridas. É um desencontro porque evitamos pensar nele. Mas está marcado. Aliás, não apenas com a morte, temos “desencontros marcados” com muitas pessoas, eventos, acontecimentos, sentimentos. A vida é feita de desencontros marcados, e é preciso estar preparado par eles. O que é melhor é pensar que

Música, Comunicação e Identidades

Amanhã ocorre o seminário  “Música, Comunicação e Identidades – Um debate sobre as formações e as dinâmicas das cenas musicais no Pará” , corajosamente organizado pelo Elielton Alves Amador, o Nicolau, músico e jornalista, e meu orientando no PPGCOM. Mesmo não estando presente (e à distância) gostaria de convidá-los a participar desse evento, se o tema for de seu interesse, pois é uma oportunidade de refletir, seriamente, sem as amarras da “doxa dominante” , sobre um dos fenômenos culturais mais importantes da cena paraense contemporânea. O seminário tem um mote: a noção de cena musical . É preciso dizer que “cena” não é “campo”, não é “gênero”, não é “discurso”.  É uma noção híbrida, extremamente útil para compreender a complexidade do momento e a superposição de agentes sociais e de identidades. Essa noção começou a ser desenvolvida aqui em Montreal, na McGill University, por meio da pesquisas do sociólogo Will Straw. O conceito chegou ao Brasil por através d