Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2020

Expulsar Bolsonaro é lutar pela vida, pela inteligência e pelo direito à solidariedade

O principal signo de que alguém é ignorante, burro, idiota e imbecil é o binarismo. A prática de reduzir o mundo a equações do tipo “ou... ou...” constitui a quintessência do sofismo e, ao mesmo tempo, da asnice pura. Essas coisas do tipo branco ou preto, doente ou saudável, nacional ou estrangeiro, mulher ou homem, dentro ou fora, falso ou verdadeiro, ciência ou ficção e até mesmo esquerda ou direita nunca deram conta de expressar a riqueza, a diversidade e a complexidade da vida social. Por que estou dizendo isso? Só para dizer que o bolsonarismo é, fundamentalmente, binarista. Essa conversa que tende a opor saúde pública a economia é ridícula e não deixa de ser impressionante como tem gente ainda cai nesse papinho. De jornalistas a economistas, de gente “séria” a gente “doida”. O fato é que o bolsonarismo produz falsos dilemas. Para fazê-lo, quando na falta de um polo opositor, inventa inimigos quiméricos: do marxismo ocidental ao deus-mercado. Politizar binariamente essa epi

Enredo patológico

A política brasileira tem sido a novela das oito destes tempos de confinamento. Bolsonaro e Moro se esfaquearam numa primeira manifestação de forças de cada lado. Para os próximos capítulos esperamos revelações de podres dos dois lados e muita baixaria. E isso com gravações, segredos e, claro, denúncias vazias. Espero duas coisas desse enredo: que as revelações de Moro ofereçam munição para a queda de Bolsonaro e que as revelações de Bolsonaro firam profundamente a imagem pública de Moro. E da esquerda, o que eu espero?  Só uma coisa: Que saiba não perder, para o Moro, o protagonismo do “Fora Bolsonaro”. Sim, porque a Globo e a direita conservadora vão trabalhar para isso, com apoio de gente graúda que já assinalou, hoje mesmo, que pode deixar o barco de Bolsonaro, como o PGR Augusto Aaras e o ministro Luís Roberto Barroso, do STF. E isso, inclusive, criando elementos para uma cassação da chapa eleita por fraude eleitoral, o que leva imediatamente a novas eleições. Por que far

É preciso começar o ‘Fora, Bolsonaro'

Finalmente o PT decidiu apoiar o Fora Bolsonaro. Mas finalmente mesmo! Muitos estavam ficando com a sensação de que o PT estava cansado de fazer política. Ou melhor, que os dirigentes do partido haviam ficado cansados de fazer política. A justificativa de que o momento era de combater à pandemia, aprovada em resolução do Diretório Nacional do partido no último dia 9, foi aparentemente revertida, hoje, 23, com a deixa de Lula no Twitter, dizendo que “É preciso começar o ‘Fora, Bolsonaro’” É difícil entender a prudência do PT. Há argumentos a seu favor, é verdade, mas creio que eles não se justificam realmente. Dentre o que se ouviu, posso anotar as percepções de que “lutar contra a pandemia tem que ser prioridade”, “a luta contra Bolsonaro não contaria com apoio das massas”, “o momento não é agora, é preciso aguardar uma correlação de forças mais favorável”, “confrontar Bolsonaro é fazer o jogo dele de dicotomização e de vitimização”, “não há um projeto claro nem de retirada e nem de